Manifesto | LGBT


O sexo dos bonecos

Ou de como um bolo de noivo prova uma lenda urbana.

Em 2014, uma pastelaria de Belfast recusou-se a confeccionar um bolo para um activista LGBT, porque a inscrição solicitada para a cobertura glacée ia contra a fé cristã evangélica dos proprietários. Acusados de discriminação em primeira instância, estes interpuseram recurso e aguardam para breve a decisão do Supremo Tribunal irlandês. Visto que a mensagem constava de um retrato do Egas e do Becas, com a legenda “Apoiem o casamento gay”, caso o veredicto final dê razão aos pasteleiros, será por fim exposta a perniciosa mensagem subliminar a que a Sesame Street submeteu gerações e gerações de crianças desde 1965, sem jamais o admitir (“os bonecos não existem abaixo da cintura”, insistem eles). A pastelaria Ashers recusou-se porque sabe que o Egas e o Becas esfregam as costas um do outro no banho e dormem juntos, logo, são gay, ou seja, percebe o que todos querem negar. Se o tribunal lhe der razão, poderemos finalmente gritar também ao mundo que:  o duo de ranzinzas de camarote é um velho casal gay, a Piggy é um transsexual e os narizes de quase todas as personagens são gigantescos falos. Como diria o conde Draco de Contar: “Um-dois–trrrrês-quatrrrro, ha-ha-ha-ha!”

© Filipa Melo (interdita reprodução integral sem autorização prévia)

#Gay #LGBT #Manifesto

0 visualização
FM_2_%C3%82%C2%A9_Joa%C3%8C%C2%83o_Franc

Contato

Skype name: melofili

  • Facebook
Stacks%2520Of%2520Paper_edited_edited.jp

©2020  Filipa Melo | Escrita de Ficção