ÚLTIMO LANÇAMENTO: DICIONÁRIO SENTIMENTAL DO ADULTÉRIO, Quetzal, Junho 2017

Arquivo de críticas

Filipa Melo assina crítica semanalmente nos jornais SOL e I, mensalmente na revista Café com Letras e trimestralmente na revista Ler.
Julian Barnes
Ganhou o Man Booker Prize com «O Sentido do Fim», vinte e cinco anos depois da primeira nomeação, com «O Papagaio de Flaubert», esse, sim, o seu melhor livro.
António e Cleópatra
Amantes e perdedores: Adrian Goldsworthy apresenta António e Cleópatra como estrategas «quase» com coração.
Antero de Quental
Será Antero de Quental «apenas um alibi cultural, o tio da América que enriqueceu fora de nós e nos povoa a mente de textos sem relação alguma com a nossa cultura média ou o nosso destino colectivo»?
Vietname
Dupla identidade: No romance «Destruir a Prova», Dana Spiotta ficciona o radicalismo juvenil desde os Setenta até hoje.
Rei Zink
Como ligar palavra e imagem e criar novas propostas narrativas? O desafio tem ocupado um lugar central na obra de Rui Zink, como excepção entre os autores portugueses contemporâneos.
Almada Negreiros
Graças ao editor Fernando Pessoa, renasceu um texto fundamental de Almada Negreiros: «A Invenção do Dia Claro», de 1921
Alice Munro
Alice Munro é um portento na arte do conto. Ganhou o Nobel da Literatura 2013. Aqui encontra críticas que fiz aos seus livros nos últimos anos.
Alice no País das Maravilhas
Entra-se pelo buraco do Coelho Branco e falante, um poço de fantasia. O tempo é de encanto e o reino o «da maravilha sem par», com «bestas e aves falando», também muito disparate, criaturas antropomórficas, coisas, palavras e gestos sem sentido.
Alejo Carpentier
Concerto desconcertante; música barroca e moderna, Velho e Novo Mundo, índios, negros e músicos setecentistas.
Os Dabney
Em 1806, John Bass Dabney, um brahmin de Boston, instala-se com a família na cidade da Horta, ilha do Faial. Nos oitenta e seis anos seguintes, os Dabney serão verdadeiros senhores das ilhas.
Maria de Lourdes Modesto
Aos 79 anos, conserva a abertura de espírito, a curiosidade e o perfeccionismo que a tornaram famosa, desde os anos 50, na divulgação da gastronomia na televisão ou em livros. «Cozinha Tradicional Portuguesa» ainda é a obra de referência na recolha e preservação do património gastronómico nacional.
Cormac McCarthy
Em Julho de 2008, o tradutor português Paulo Faria partiu para Knoxville, no estado norte-americano do Tennessee, à procura dos cenários de Suttree, o romance mais autobiográfico de Cormac McCarthy.
Rawi Hage
«Com a Raiva ao Vento», de Rawi Hage. Roleta russa, em Beirute
Isaac Babel
Pssst! Bist a yid?
Nos contos de Isaac Babel, o virtuosismo exuberante enraiza-se na esquecida cultura iídiche.
Livro dos Mortos
Chama-se «Livro Tibetano dos Mortos» e é um tesouro escondido do mundo durante mais de mil anos. Um guia sobre a vida e a morte, centrado em preceitos de instrução da consciência para a transformação e a iluminação.
Maquiavel & Herdeiros
Diogo Pires Aurélio seleciona exemplos-chave dos 500 anos de irradiação das ideias de Maquiavel na história do pensamento político. Para o reabilitar como um visionário radical.
Show More